Macau, Natal 2014

Natal 2014 Natal 2014 
Natal 2014 Natal 2014 
Natal 2014

A tão longa distancia de Portugal, ainda nas nossas colonias se conservam as antigas tradições e usos do paiz, levadas para lá em outras epochas pelos nossos antepassados. No dia de Natal ainda ha em Macau a missa do gallo, e aquellas succulentas ceias e consoadas, que tinham na expectativa uma familia inteira, celebrando o nascimento do menino Deus com a missa, os presepes e as musicas populares no templo, e em casa com os primores e gulodice da gastronomia. 

Correu este anno o dia de Natal muito triste, chuvoso e carregado, o que foi para os outros um forte motivo para se entregarem ás festas caseiras, e para mim um espinho mais a dilacerar-me no afastamento da patria e da familia. Diz o dictado que quem canta, seus males espanta. Não sei se é verdadeiro; sel-o-la, por certo, se dissesse: quem trabalha, seus males minora. Que mercês não devo eu ao trabalho, que me occupa o espírito e faz consumir o tempo!

Adolpho Loureiro em No Oriente, de Napoles á China (diario de viagem), 1896

Eramos chegados ao Natal, que é tambem como na Europa o meio do inverno em Macáo: passava então de perfeita saude, porque é o tempo melhor neste paiz, e quando reina o saudavel e vigorisante vento norte, sempre secco e frio: ha dias tão frios como em Lisboa; mas são mui poucos. O inverno dura só de meados de Novembro a fins de Fevereiro. (...)

O dia de Natal de 1851 foi o ultimo que passei em Macao, e na honrosa companhia do Bispo diocesano, de quem me separei possuido do maior reconhecimento, saudade, e affecto. Por 16 mezes residi em Macáo, só com a ausência da hida a Cantão, e viagem de Shangai: para sempre me será grata a recordação deste tempo, e a dos amigos que alli adquiri. É um bello paiz, e pela salubridade, situação topographica, gozos e commodidades da vida, é sem duvida ainda hoje Macáo a mais preferivel e agradavel de todas as nossas cidades coloniaes.

Carlos José Caldeira em Apontamentos d'uma viagem de Lisboa a China e da China a Lisboa, 1853
Enviar um comentário